Habilitar ARCHIVELOG MODE

Habilitando ARCHIVELOG MODE

1-) Verificar os discos do Server e ver em qual tem espaço disponível

                Criar um diretório na unidade de disco com mais espaço para armazenar os Archives:

                Por exemplo:                C:\<nome>\archives

2-) Realizar conexão no database com o owner SYS

                Verificar se o archive log mode está habilitado:
       – SQL> SELECT LOG_MODE FROM SYS.V$DATABASE;
             LOG_MODE
             ————
             NOARCHIVELOG

3-)
Parâmetros que deverão ser configurados

log_archive_format => definir o padrão de saída para os arquivos
log_archive_dest_1 => definir o diretório onde os arquivos serão armazenados

Exemplo:
log_archive_format            string      ARC%S_%R.%T    
log_archive_dest_1            string      C:\eduardo\archives                             

 Nomeação do arquivo:

%s: Inclui o número da sequência de log como parte do arquivo
%t: Inclui o número da thread como parte do arquivo
%r: garante que o nome do arquivo permaneça exclusivo

Para alteração dos parâmetros utilizar:

a)      alter system set log_archive_dest_1=’location=C:\eduardo\archives’ scope=spfile;

b)      alter system set log_archive_format=’ARC%S_%R.%T’ scope=spfile ;

4-) Baixar a instância

5-) Subir a instância em MOUNT

6-) Habilitar o modo de arquivamento

alter database archivelog ;

7-) Abrir a instância

😎 Realizar conexão no database com o owner SYS

                Verificar se o modo de arquivamente está corretamente habilitado:\

         – SQL> SELECT LOG_MODE FROM SYS.V$DATABASE;\

      LOG_MODE
      ————
      ARCHIVELOG

- SQL> select DEST_NAME,STATUS,DESTINATION from V$ARCHIVE_DEST 
             where  status=‘VALID’
      DEST_NAME                  STATUS                      DESTINATION
      -------------------------- --------------------------- ------------------------
      LOG_ARCHIVE_DEST_1         VALID                       C:\eduardo\archives

Sobre oradeep

José Eduardo Fiamengui Júnior Graduação: Tecnologia em Informática pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Pós-Graduação: Administração em Banco de Dados Oracle pelo Instituto Brasileiro de Tecnologia Avançada (IBTA) Mba em Gestão Estratégica em TI pela FGV OCE Certified ITIL Certified Empresa Atual: Dba Oracle e Performance Specialist na Ccee Empresa Atual: Instrutor Oracle IBTA
Esta entrada foi publicada em Oracle. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s